Jaru Top Festas

Ministro do STF suspende condenação do senador Acir Gurgacz, de Rondônia

Em 2018, Acir foi condenado pela primeira turma do STF a 4 anos e 6 meses de reclusão por crimes contra o sistema financeiro.

O ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu ao pedido da defesa do senador Acir Gurgacz (PDT) e suspendeu os efeitos da condenação de uma ação penal envolvendo o senador. A decisão foi publicada no início da noite desta quinta-feira (4).

Acir foi condenado em 2018 pela primeira turma do STF a 4 anos e 6 meses de reclusão por crimes contra o sistema financeiro. Segundo a justiça, ele teria desviado verbas de um financiamento junto ao Banco da Amazônia (Basa) para renovar uma frota de ônibus.

À época da condenação no STF, o parlamentar reiterou várias vezes que a condenação era “injusta” e negou ter cometido as irregularidades apontadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Na medida cautelar de quinta-feira, o ministro Nunes Marques considerou que a turma “calculou mal a pena” de Acir Gurgacz e que com redução da condenação, o caso estaria prescrito.

Diante disso, os efeitos estão suspenso até o julgamento final da revisão criminal do processo de Acir, que ainda não tem data para acontecer.

Curtiu? Siga o JARU TOP FESTA no FacebookInstagram  You Tube e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Jaru e Rondônia.

Por Rede Amazônica — Porto Velho

Atenção: O jarutopfestas não se responsabiliza pelos comentários postados. Viu algum comentário que promova ofensa, racismo, calúnica, xingamento e qualquer algo do gênero? Por favor entre em contato e denuncie

Veja Também